Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

It's my diary

" Sorrir é viver, parar é morrer "

It's my diary

" Sorrir é viver, parar é morrer "

"The Princess Love" - 2º capítulo

Bem aqui vos deixo mais um capítulo de "The Princess Love"...espero que gostem ;)

Beijinhos e obrigada,

Andrea Facinelli

 

Capítulo 2 – Aproximação

Acordei com uma certa agitação nesse dia…era o dia dos meus anos. Não sei porque tinha acordado assim…Íris tinha se esquecido dos meus anos.

Levantei-me e vesti uma mini-saia de ganga e uma camisola de meia manga vermelha. Fui ao quarto da minha irmã Anne acorda-la.

- Anne acorda, já são horas de irmos para escola.

- Já vou…deixa-me dormir só mais um bocadinho.

- Não pode ser…vá anda. – disse enquanto lhe tirava os cobertores de cima. Anne tinha 8 anos e andava no 3º ano. Ela era como eu...cabelo castanho escuro e olhos verdes, mas em vez do seu cabelo ser ondulado, era liso.

- Pronto já vou! – disse ela levantando-se da cama.

- Vá veste-te enquanto eu vou preparar o pequeno-almoço. – disse-lhe enquanto saia do quarto e ia para a cozinha.

Preparei duas taças de cereais…e comecei a comer a minha. Anne entrou e comeu a dela.

- Vamos. – disse pegando na bolsa da escola.

Anne pegou na bolsa dela e saímos de casa. Fui pô-la a escola e segui para a minha.

Cruzei-me com Peter a entrada.

- Bom dia Bia. Parabéns! – disse ele cumprimentando-me com dois beijos.

- Bom dia Peter. Obrigada. – disse retribuindo os beijos.

- De nada princesa. – disse ele.

- Princesa?! Chamaste-me princesa?

- Sim chamei…desculpa, mas é que eu…

- Bia! – chamou Íris de longe, interrompendo o que Peter ia a dizer.

- Falamos logo Bia. – disse Peter afastando-se de mim.

- Parabéns melhor amiga! – disse Íris abraçando-me.

- Obrigada! – agradeci com um sorriso.

- De nada. O que é que Peter te queria?

- Hum…não sei, não chegou a dizer. – disse um pouco triste.

- Ele logo diz o que te queria. Vamos para a aula?

- Sim vamos.

Entramos na sala e já lá estavam Peter e John nos habituais lugares. Sentei-me no meu lugar, ao lado de Peter.

- Bom dia Bia! Parabéns! – disse John.

- Bom dia John. Obrigada. – disse sorrindo.

Reparei que Peter estava a desenhar qualquer coisa no seu caderno…parecia um coração com um B lá dentro. Devia ser a inicial do nome da sua nova namorada.

Tirei as minhas coisas da bolsa e meti-as em cima da mesa.

- Bom dia meninos! Hoje vamos fazer um trabalho de grupo. – disse a stora Isabella assim que entrou na aula. Íamos ter Físico-Química.

- Bom dia stora. – respondemos todos.

- Trabalho de grupo? Com quantos elementos? – perguntou Íris.

- Com quatro elementos Íris. Podem se juntar. Eu já vos dou o tema do trabalho.

- Ficamos nós os quatro? – perguntou John.

- Sim podemos ficar. – respondi.

- Então virem-se para traz. – disse Íris.

Eu e Peter viramo-nos para traz.

- Bem parece que os grupos já estão formados. Por isso escolham o tema do vosso trabalho. Tem a escolha as reacções químicas e os símbolos químicos. Escolham um deles.

- Eu prefiro o tema das reacções químicas e vocês? – disse eu para o grupo. Olhei de soslaio para Peter, ele estava a olhar para mim…o meu coração parou naquele momento.

- Eu também prefiro esse. – ouvi Íris dizer.

- É…eu também prefiro esse. – disse John – Então e tu Peter qual preferes?

Peter parecia não estar a ouvir, e não tirava os olhos de mim…tentei lembrar-me de como se respirava.

- Peter! Estás aí?? – disse John um pouco mais alto.

- Ah??!! – desviou o olhar de mim – Sim estou aqui.

- Qual tema preferes? – perguntou John.

- O das reacções químicas. – respondeu.

- Fixe. – disse Íris.

Eu não consegui dizer mais nada durante a aula…estava completamente paralisada…ele tinha estado a olhar para mim!

- Bia?! – chamou-me Íris.

- Ah?! – disse.

- Onde é que tu andas a cabeça?

- Em lado nenhum. – menti…e olhei para Peter, ele sorriu-me. O meu mundo parou! Mas consegui retribuir-lhe o sorriso.

A campainha tocou nesse momento, salvando-me. Comecei a arrumar as minhas coisas.

- Então encontramo-nos todos no tal sítio daqui a nada? – perguntou Peter a Íris.

- Sim sim. – respondeu ela – Vamos Bia?

- Sim vamos. – respondi.

Que raio é que eles estavam a combinar?! – pensei

Fomos dar uma volta ao jardim ao pé de casa dela.

- Bia…tu gostas do Peter? – perguntou-me ela.

- Eu??!! Claro que gosto…como amigo. – respondi…mentindo mais uma vez. Ninguém poderia saber que eu gostava dele…que eu o amava.

- Hum ok. Vamos para minha casa?

- Sim claro.

Fiquei intrigada com aquela pergunta, mas não puxei mais o assunto, pois podia meter o pé na poça.

Entramos em casa de Íris e notei num grande cartaz que estava cá fora:

“Parabéns Bia!”

- Mas que raio é isto? – perguntei.

- Já vais ver. – disse ela entre risos e enquanto me puxava para dentro de casa.

Lá dentro estava praticamente toda a nossa turma…até mesmo Peter. A casa estava toda decorada para uma festa de aniversário.

- Eu não acredito que vocês fizeram isto! – disse enquanto me caiam algumas lágrimas.

- Não chores Bia. – disse Peter enquanto vinha ter comigo – Hoje é o teu dia, não podes chorar.

- Eu…não…choro. – disse-lhe.

- Acho bem. Agora mostra-me cá mas é aquele teu sorriso lindo! – disse ele fazendo-me uma festa na face.

Senti-me a corar e a paralisar por completo. Tentei lembrar-me mais uma vez de como se respirava e sorri-lhe. Ele retribui-me o sorriso.

- Bem vamos abrir os presentes! – disse Íris.

- Vamos. – disse Peter afastando-se.

- Toma, este é meu. – disse Íris dando-me uma pequena caixinha.

Abri…e lá dentro estava uma pulseira em prata com uma gravação:

“Para a melhor amiga de todas! B&I para sempre”

- Oh…amei! Obrigada meu amor! – disse-lhe abraçando-a e dando-lhe um beijo na bochecha.

- Bem agora é a minha. – disse John dando-me um embrulho.

Abri o embrulho…era um peluche que dizia:

“Ti adoro amiga”

- Oh que fofo! Obrigada John. – disse dando-lhe um beijo na bochecha.

- Bem agora é a vez da prenda de turma. – disse Íris, representando a turma – Toma.

E deu-me um grande embrulho…era um peluche enorme da Hello Kitty.

- Oh…vocês são uns amores! Obrigada! Eu amo-vos!

- Parece que só falta a minha. – disse Peter. Fiquei parva a olhar para ele. – Toma, espero que gostes.

Enquanto falava deu-me um pequeno embrulho. Abriu-o…lá dentro estavam dois fios em ouro com um berloque em forma de coração que se partia. Numa metade dizia Beatriz e na outra dizia Peter.

- Um fio é para ti. – disse pegando na metade que dizia Peter – Afasta o teu cabelo.

Afastei o meu cabelo e ele colocou-me o fio com a metade do coração que dizia Peter.

- E a outra metade é para mim. – disse enquanto pegou na metade que dizia Beatriz. E colocou-o ao seu pescoço.

- Obrigada Peter. É lindo! – consegui agradecer.

- De nada…princesa. – disse ele.

- Está na hora de cantar os parabéns! – disse Mike.

E assim começaram a cantar os parabéns…depois dançamos, comemos, bebemos, falamos. Eu não parava de olhar para Peter…ele era tão lindo!

Joanne…a rapariga da turma que se atirava a todos os rapazes começou a atirar-se a ele. Uma fúria de ciúmes começou a entrar em mim!

- Íris eu tenho que me ir embora, os meus pais estão a minha espera. – disse inventando uma desculpa para sair dali a correr. Eu não podia ver aquela gaja e Peter aos beijos! Não podia!

- Ok…sempre é para eu ir lá jantar?

- Sim claro. Adeus meus amores…obrigada por tudo! Amo-vos a todos. – disse saindo com todos os meus presentes de casa de Íris.

Cheguei a casa e fui a correr para o meu quarto…comecei a chorar. Toquei no berloque que Peter me deu…e senti algo estranho! Senti…o seu toque em mim.

"The Princess Love" - 1º capítulo

Bem como me foi pedido por várias pessoas para continuar a postar a história...aqui fica o primeiro capítulo.

Depois digam-me o que acharam...

Beijinhos e obrigada,

Andrea Facinelli

 

 

Capítulo 1 – Apaixonada…

Estávamos em Setembro de 2003, era o começo das aulas…

Eu andava no 8º ano…na Escola Secundária Luís de Camões em Lisboa. A minha turma era praticante a mesma.

- Bom dia Bia. – disse-me a minha melhor amiga assim que me viu. Ela era linda…tinha o cabelo aos caracóis e olhos verdes. Chamava-se Íris.

- Bom dia Íris. – disse-lhe sorrindo.

- Então tudo bem contigo? Preparada para o novo ano lectivo?

- Sim está tudo e contigo? Claro e tu?

- Comigo também está tudo. Hum…eu também, desde as férias que não vejo o John. – disse ela com um pequeno sorriso nos lábios. John era o seu namorado desde o 7º ano.

- Aiai…cada vez mais apaixonada a menina. – disse-lhe sorrindo.

- Sempre!

Foi aí que o vi…os seus olhos castanhos claros, que mais pareciam serem dourados…tocaram os meus. Fiquei completamente paralisada a olhar para ele.

- Bia! Beatriz! – disse Íris abanando-me.

- Ah?! – disse-lhe desviando o olhar.

- Onde é que tu estavas? Estava aqui a falar para as paredes.

- Não foi nada…só vi uma coisa. – e voltei a olhar para ele. Eu já o conhecia desde a primária, mas só hoje é que reparei no quanto ele era lindo e perfeito. Ele chamava-se Peter Summers e andava na minha turma, era loiro e era de estatura média.

- Olha o Peter chegou! Peter! – disse Íris, chamando-o.

Tive que desviar o olhar dele e olhei para o chão.

- Olá Íris – disse cumprimentando-a com dois beijos – Olá Bia.

Era estranho ele nunca me chamava por Bia…era sempre por Beatriz.

- Olá Peter. – dissemos eu e Íris ao mesmo tempo.

- Bem que sintonia vocês tem meninas. – disse ele a rir-se.

Ai…o riso dele era tão lindo…tão…perfeito!

- É…nós somos sempre assim. Melhores amigas. – disse Íris beijando-me a bochecha.

Retribui o beijo.

- É verdade…eu não te cumprimentei Bia. Anda cá. – disse Peter.

- Ok…eu vou. – disse aproximando-me dele. Comecei a tremer da cabeça aos pés…só esperava que ele não nota-se isso.

E foi assim que ele me deu dois beijos na bochecha…senti-me a corar, mas retribui os beijos. Senti-o a corar também.

Afastei-me instantaneamente dele, e ficamos a olhar um para o outro.

- Bem meninos…está na hora de ir para as aulas, já tocou. – disse Íris.

- Hum…vamos. – disse eu.

- Sim vamos. – disse Peter com uma voz triste.

Entramos no pavilhão e lá estava John no corredor a espera de Íris. Eles faziam um casal tão giro e tão fofo!

- Bem amiga vemo-nos na aula! – disse ela indo a correr para ir ter com John – Ah é verdade…eu este ano fico na mesma mesa do John, espero que não te importes.

- Claro que não me importo. Até já. – disse-lhe.

- Hum…sendo assim podes ficar na minha mesa. – disse Peter um bocado envergonhado.

- Por mim…é na boa. – respondi-lhe.

- Ok. Vamos já para dentro da sala?

- Sim vamos.

Entramos dentro da sala e sentamo-nos na segunda mesa da fila ao pé da janela, John e Íris entraram atrás de nós e sentaram-se na mesa de traz.

- Alguém sabe quem é a nossa directora de turma este ano? – perguntou John.

- Não. – respondemos eu e Íris ao mesmo tempo.

- Acho que é a stora Elizabeth de matemática. – disse Peter.

- Ok Peter. Obrigado. – disse John.

- Bia…temos de começar a preparar a tua festa de anos. É já para a semana. – disse Íris.

- Temos tempo Íris…tu tem calma contigo. – respondi-lhe.

- Bem vamos lá sentar meninos…e vamos começar a aula. – disse a professora Elizabeth assim que entrou na sala. Ela era baixinha de cabelo castanho claro e olhos esverdeados – Como já devem ter reparado eu sou a vossa nova directora de turma e vou continuar a ser a vossa professora de Matemática.

- Stora hoje não vamos dar aula pois não? – perguntou Mike…o rapaz mais parvo da turma.

- Não, não vamos. Vamos só eleger o delegado e o sub-delegado. – respondeu a stora.

- Fixe. – dizemos todos em conjunto.

Eu já sabia em que iria votar…Íris era a rapariga ideal para ser delegada…por isso ia votar nela.

- Escrevam num pedaço de papel o nome da pessoa que querem como delegada e depois dobrem o papel e coloquem em cima da mesa. Depois o Peter e a Beatriz vem contar os votos.

- Ok stora. – respondemos todos.

Escrevi o nome de Íris no papelinho e dobrei-o.

- Bem agora Peter podes recolher os votos…e tu Beatriz vens para o quadro para apontares os votos.

Peter levantou-se e foi recolhendo os votos…eu fui para o quadro e peguei num bocado de giz.

- Agora podes começar a ler os votos Peter.

- Íris. – disse ele e eu apontei no quadro – Bia…Íris…Bia…Bia…Íris…Bia.

E assim foi sucessivamente. Íris teve 6 votos no total…eu tive 7 votos, Peter teve 5 votos e John 2 votos.

-  Bem parece que a Beatriz ficou como delegada, a Íris como sub-delegada e o Peter como secretário. Agora é só preencher a acta e podem sair.

Preenchemos a acta e saímos da aula.

- Queres ir dar uma volta ao jardim? – perguntou-me Peter.

- Sim pode ser. – respondi.

E assim fomos a falar sobre a vida de cada um até ao jardim. Passamos uma tarde maravilhosa. Ele era sem dúvida o meu melhor amigo…e eu agora estava completamente apaixonada por ele.

"The Princess Love"

Bem...como algumas pessoas já devem saber eu estou a escrever uma história verídica (a minha história)...vou vos deixar o prefácio...e depois digam-me por comentário se querem que vá publicando a história. Os nomes das personagens não correspondem a realidade.

 

Ah e quero agradecer desde já a todas aquelas pessoas que me apoiaram e deram carinho ao longo deste tempo...esta história é totalmente dedicada a elas...porque sem elas a história não existiria...e se calhar nem mesmo eu existiria =)

 

E quero também dizer que te amei muito Peter Summers (não vou dizer o nome verdadeiro)...e apesar de ter passado tanto tempo ainda te continuo a amar da mesma maneira, sei que pode já ser tarde...mas eu ainda te amo. Amo-te mais que tudo na minha vida, e obrigada por me teres apoiado na altura mais dificil da minha vida. DESCULPA-ME!

 

Beijinhos e obrigada,

Andrea Facinelli

 

Prefácio

Chamo-me Beatriz Cullen, tenho agora 18 anos e vou vos contar a minha história desde que tinha 13 anos.

Sempre vivi rodeada de felicidade e alegria…mas porém essa felicidade estava condenada! Tudo o que parecia perfeito na altura…virou imperfeito! Perdi tudo aquilo que sempre quis…perdi toda a minha alegria…perdi o amor da minha vida…!

Fanfic "Reencontro com a vida"

Bem para quem não sabe eu escrevo uma fanfic no ponto de vista da Esme...esta encontra-se publicada no blog: http://twilightfanfics.blogs.sapo.pt ou então também aqui: http://fanfics-reneesme.blogspot.com/search/label/Fanfics.

 

E um muito obrigada a todas aquelas pessoas que me incentivam a escrever mais e mais...o vosso apoio é mesmo importante. Bia, Ana, Raquel, Célia, Andreia, Cátia, Marina, Abby, Ângela, e muitos muitos mais que podia aqui enumerar.

 

Beijinhos e muito obrigada mesmo =)