Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

It's my diary

" Sorrir é viver, parar é morrer "

It's my diary

" Sorrir é viver, parar é morrer "

Ilusão...

Não posso mais viver em ilusão...não posso mais pensar que um dia irei ter-te a meu lado...não posso mais pensar em ti...não posso mais acreditar num futuro incerto...não posso mais sonhar com algo que é impossível...simplesmente não posso mais...

Pensar em ter-te do meu lado é uma ilusão...é um sonho que jamais irá se tornar realidade...todas as noites sonho com isso, e quando acordo vejo que tudo não passou disso mesmo, de um sonho...um sonho que nunca irá acontecer, simplesmente pelo facto de não me amares e eu não ser importante na tua vida...

Queria ter forças para continuar a lutar...e tentar criar esta ilusão em realidade...mas a verdade é que já estou cansada...não tenho forças para mais...já nem para sorrir tenho forças...

Cada vez que me lembro de ti...dos nossos momentos...fico fraca, sem vontade de viver...simplesmente porque sinto a tua falta...

Lembras-te da aquela passagem de ano em que o foguete rebentou ao pé de nós? Eu lembro-me tão bem...lembro-me como se fosse ontem...foi a melhor passagem de ano de toda a minha vida...fizeste-me sorrir quando me dizes-te "Tens uns olhos lindos!"...nessa noite dancei contigo e embalei-me nos teus braços...eras especial...

Lembras-te de quando me ajudas-te na aula de Educação Física? Foste um querido...foi aí, talvez, que me apercebi que eras muito mais que um amigo colorido...foi aí que descobri que te amava mais que tudo o que podia existir...

Passados uns meses fui-me embora...e tudo o que tinhamos desapareceu...até a nossa amizade...

Hoje sinto que ainda te amo, mas não quero mais alimentar uma ilusão...tudo o que fizeste por mim não passou de um bonito gesto de amizade...algo que eu nunca irei esquecer...foste um bom amigo...

Amo-te de verdade...e para sempre te vou amar...e desculpa desistir de ti, mas eu não aguento mais viver na incerteza e na ilusão...

Sê feliz...que eu também vou ser, à minha maneira ;)

 

E tudo não passou de uma ilusão...todos os sorrisos, todas as palavras, todos os olhares e toda a amizade...mas uma coisa te digo...o meu amor por ti não é uma ilusão é uma REALIDADE!

 

Para sempre no meu coração DS «3

A ti Carina Isabel Pimenta Oliveira (Lilian Summers)...

Minha Carina Isabel Pimenta Oliveira...minha crochinhas...minha eteta...minha pinipomzinha...tu já sabes o quanto és importante e especial na minha vida...

Tu és tudo na minha vida...és a alma, o ar, a terra, a água, a vida, és simplesmente tudo...és aquela amiga que está sempre ali quando mais preciso...apoias-me, ouves-me, aconselhas-me, fazes-me rir, compreendes-me...nem tenho palavras para te agradecer minha pinipomzinha...

Adoro-te tanto que só a ideia de te perder dá comigo em doida...adoro-te ao nível máximo da amizade, e quero-te como minha amiga para sempre =)

A minha vida sem a tua presença não é nada...és tu que completas a minha vida para que eu possa ser feliz....

Entras-te no meu coração há 7 meses atrás e agora já não te consigo tirar de lá...porque marcas-te...para todo o sempre!

Carina Isabel Pimenta Oliveira eu adoro-te mais que a minha própria vida e quero-te na minha vida para toda a eternidade...amigas para sempre sim??!! ;)

Adoro-te num momento chamado sempre minha crochinhas...jamais irás sair do meu coração «3

Obrigada por tudo meu coração ;)

Beijinhos,

Andrea Facinelli

Amizades verdadeiras...

Ontem dia 13 de Janeiro de 2010 aconteceu algo na minha vida...estava em baixo, triste, e tinha sobretudo medo...

Bastou só uma mensagem a dizer que não tava bem para pessoas que considero como as minhas best's se preocuparem comigo...elas ouviram-me e estiveram ali ao meu lado, mesmo estando a quilómetros de distância, senti-as pertinho de mim...porque estavam ali a falar comigo e a aconselhar-me!

Hoje sei que amizades como essas não se perdem facilmente...e não importa o que somos fisicamente porque quando a amizade é verdadeira não há nada nem ninguém que a estraga...

Bianca Viana, Raquel Sofia e Soraia Camacho...vocês já me provaram o valor de uma amizade assim...e sim foram vocês que me apoiaram ontem...OBRIGADA!

Carina Oliveira ontem não soubes-te o que se passou...mas tu também estás nesse grupinho ;)

E sim hoje sei que vocês adoram-me mais que tudo e que se preocupam comigo...já não tenho ciúmes porque para vocês já sei que sou importante...estes pequenos gestos e as pequenas palavras mostraram-me isso...obrigada pela vossa amizade, compreensão e paciência =)

Eu adoro-vos assim muito e vou estar aqui para tudo o que precisarem ;)

Beijinhos adoro-vos,

Andrea Facinelli

Foi há 2 anos...

13 de Janeiro de 2008 foi o dia em que partiste para todo o sempre...o dia em que a minha família ficou destruída...o dia em que senti realmente a dor de perder alguém...

Nunca mais me esqueço desse dia...estava eu a estudar inglês para meter a matéria em dia, quandoa tia ligou a dizer que tinhas partido... na altura fiz-me de forte e não chorei...não queria mostrar a minha fraqueza!

Quando cheguei a casa da tia vi todos a chorar, e mesmo assim continuei a fazer-me de forte...talvez porque ainda não tinha acreditado que tinhas ido para sempre...

No dia seguinte era o velório...eu disse logo que queria ir, queria me despedir de ti uma última vez...a minha mãe ainda tentou convencer-me a ficar em casa...mas eu não quiz ficar, eu queria ir...e assim foi...

Quando lá chegamos ainda não estavas lá...mas passado um bocado chega a carrinha funerária com um caixão lá dentro...olhei para todos a tua procura...e não te encontrei...foi aí que percebi que tinhas ido para sempre!

Lágrimas começaram a escorrer pelo meu rosto...e senti alguém a abraçar-me...era o primo (na altura ainda estava tudo bem)...abracei-me a ele também e fiquei ali a chorar...

Passou-se o funeral e mais lágrimas derramaram pela minha face...e ele esteve sempre ali ao meu lado...

Senti sempre a tua falta...queria poder te dizer "Amo-te" mas nunca tive oportunidade...e quando partiste essa oportunidade foi-se para sempre...não sei se sabias que eu te amava e amo-te muito...mais que a minha própria vida!

Em Agosto todo o meu mundo partiu...o meu pai chateou-se com o primo, com a tia...eu tentei defender o meu pai (porque o amo, e era minha obrigação) e discuti com o primo...entre palavras acessas ele disse-me: "Tu não vales nada, és uma merda...para mim deixas-te de existir!"...

Nesse momento tudo deixou de existir para mim...eu adorava-o e sentia que ele me adorava também...não consegui dizer nada e desatei a chorar...sai porta fora e fui para o carro!

Desde esse dia que nunca mais falei com ele...já lá vai quase 2 anos!

Sinto saudades dele e de ti...vocês fazem parte de mim...eu amo-vos tanto!

Queria voltar atrás no tempo e dizer-vos o quanto são especiais para mim...='(

A Andreia risonha e feliz perdeu-se...preciso de vocês para continuar a ser feliz...quero-vos aqui!

 

Beijinhos,

Andrea Facinelli

 

PS: A ti primo...Tiago Marcolino...digo-te que te adoro acima de tudo, e sou capaz de esquecer aquela discussão...por favor diz que me adoras!

Textinho da Ana Magalhães a mim *.*

Andreia Filipa Sobrinho da Silva Pereira, obrigada por me aturares, obrigada por me ouvires e aconselhares!

Tornaste-te importante em pouco tempo.

Conhecemo-nos na Chat Box do TP e apartir dai nunca mais deixamod se falar!

Sei que posso contar contigo para tudo e mais alguma coisa, porque nunca me deixas-te ficar mal!

 

Desculpa aquelas vezes que te chantagiei psicologicamente mas era por uma boa causa, desculpa se alguma vez de fiz sofrer (eu não sei , mas se fiz não foi por intenção)

Mais uma vez obrigada por tudo, obrigada por me apoiares nas coisas mais estupidas, obrigada por me aturares quando nem eu consigo aturar-me a mim pópria e obrigada por me aconselhares quando eu não sei o que fazer!

 

És uma verdadeira amiga, e eu nunca mas nunca te quero "perder"!

AMO-TE para sempre minha mãe (teatro) irmã (na tua historia) e conselheira!

(L)

 

OMP (Oh My Peter (Facinelli))...quase que chorei...*.*

A minha conselheira é tão fofinha...não acham??!! (^^,)

Eu também te amo...e nunca te quero perder...irás sempre ser a minha conselheira, amiga, irmã, filha =P

Amizade sem fim =)

Podem ver o blog dela aqui!

Textinho da Marina Moura a mim (*.*)

 Bem, eu não tenho grande jeito para estas coisas...

 

O importante é que te conheço há pouco tempo, mas nesse escasso tempo tornaste-te numa amiga que eu nunca vou esquecer... uma grande amiga.... alguém que eu amo de verdade. Vais-me incluir na tua FanFic (que eu amo), o que embora pareça algo simples, para mim significa muito. Estás-me a dar um grande apoio agora, um apoio de que realmente preciso. Sim, eu estou feliz, mas também estou muito confusa, e eu agradeço todos os conselhos, todas as dicas e todo o apoio que me dás, cada vez que tu dizes "podes contar comigo"; "se precisares de algo diz"... eu fico muito agradecida. A sério...

 

Por isso, para finalizar, quero dar-te um grande obrigada!

 

Adoro-te, amiga! És muito importante para mim!

 

Obrigada!

 

Estás no meu coração <3!

 

OMP (Oh My Peter)...fiquei com lágrimas nos olhos (*.*)

Digam lá se ela não é querida??!! ;)

E não tens que agradecer meu amor...os amigos servem para isso...e eu vou tar sempre aqui =)

Tu também me apoias...e por isso digo OBRIGADA! =D

És especial e importante na minha vida...e irás permanecer no meu coração para sempre «3

Adoro-te minha pequenina...para toda a vida, sim??!! ;)

 

Podem ver o blog dela aqui =)

"The Princess Love" - 13º capítulo

Bem aqui fica mais um capítulo de "The Princess Love"...espero que gostem ;)

Tenho a dizer que sofri muito com o "Pacey"...ele não me deu esperanças, mas mesmo assim eu sofri muito...não o odeio...simplesmente sofri!

E...também devo dizer que desisti do "Peter"...desisti por ama-lo demais...mas isso não significa que na história não fique com ele ;)

Beijinhos e obrigada,

Andrea Facinelli

 

Reencontro com Íris (Soraia) =)

Capítulo 13 – A ilusão (mágoa) de uma paixão…

Estávamos em 2006…já não via Peter há quase três anos, e sentia-me cada vez mais triste…só mesmo Ash me fazia rir quando só me apetecia chorar.

Nesse dia estava eu a ir a caminho da aula de TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação) – eu já andava no 10º ano, na área de Cientifico Natural…Ash era da minha turma, nós éramos inseparáveis – quando me deparei com ele…foi a primeira vez que o olhei directamente nos olhos…os seus olhos eram lindos, azuis da cor do mar…era loiro, e eu conhecia-o há algum tempo, era da minha turma…chamava-se Pacey, mas só hoje reparei na beleza dos seus olhos…e na sua própria beleza. Ele era incrivelmente lindo.

- Olá. – cumprimentou-me assim que me viu…interrompendo os meus devaneios.

- Olá. – cumprimentei-o envergonhada…sentei-me no banco ao pé da porta da sala de aula e liguei o meu mp3…estava a tocar a música “First Day Of My Life” da Melanie C.

Ash chegou nesse momento…tirei logo os phones, para poder falar com ela.

- Olá minha ciumentinha. – cumprimentou-me assim que me viu…ela costumava chamar-me de ciumentinha, pois eu era muito ciumenta.

- Olá minha princesa. – retribui com o nome com que a tratava.

- Está tudo bem contigo? – perguntou-me.

- Sim e contigo?

- Comigo também está tudo. – disse enquanto se sentava ao meu lado – olá Pacey.

- Olá Ash. – disse Pacey.

Nesse momento o meu telemóvel tocou…era uma mensagem, tentei ignorar mas achei melhor não…podia ser alguma coisa importante.

A mensagem era de Peter:

“Olá Beatriz…tudo bem contigo? Então que contas? Quero saber todas as novidades! Beijos adoro-te, Peter”

Não sabia o que responder…não sabia se lhe contava as novidades ou se lhe mentia dizendo que estava tudo na mesma…olhei para Pacey, e perdi-me outra vez nos seus olhos cor do mar…e sem saber a razão decidi responder ao Peter e contar tudo o que se passava:

“Olá Peter…sim está tudo e contigo? Hum…posso te contar que me estou a apaixonar! Ai…ele é tão lindo! Chama-se Pacey e é da minha turma…é loiro e tem uns olhos lindos da cor do mar! Tenho saudades tuas…se cá estivesses podia desabafar contigo sobre tudo! Também te adoro. Beijinhos, Beatriz”

Olhei para Pacey mais uma vez…e sem perceber o porquê vi Peter…

Peter

Assim que ouvi o meu telemóvel a tocar e vi que era uma mensagem dela, decidi ler…

Em cada palavra lida lágrimas escorriam pelo meu rosto…uma dor atravessou o meu peito quando li que ela se estava a apaixonar por outro…

Ela jamais iria ser minha…eu já sabia disso, mas sempre tive esperança que algo poderia surgir da nossa amizade…e agora essa esperança tinha partido, e com a sua partida veio uma profunda dor…que deixou o meu coração desfeito!

Estava sentado no banco que em tempos foi o “nosso” sítio…relembrei o nosso beijo, o que fez com que a dor que sentia fosse mais forte, e num impulso dei um murro na parede que estava ao lado do banco…fiquei a sangrar, mas não me importei! Nenhuma dor era pior aquela que sentia por saber que ela amava outro…

Beatriz

Fiquei a pensar naquilo que tinha acontecido durante a aula toda…e não consegui arranjar nenhuma explicação…

- Bia! Estás no mundo da lua ou quê?! – disse Ash interrompendo os meus pensamentos.

- Ah?! Desculpa…estava a pensar no exercício da aula de Matemática. – menti…eu não queria tocar naquele assunto, pelo menos por agora.

- De certeza que é só isso?! – perguntou preocupada.

- Sim de certeza. – disse sorrindo, ela sorriu-me também…

- Vamos tirar uma foto meninas! – disse Pacey…nem tinha reparado que ele se tinha aproximado.

Ele meteu-se entre mim e Ash e tirou uma foto…tenho que admitir que eu no meio deles os dois parecia uma anormal…eles eram lindos, e era simplesmente horrível!

- Depois passa-me a foto Pacey! – disse Ash.

- Passo-te já…vou só passa-la para o pc. – disse Pacey indo para o seu lugar.

Enquanto ele ia para o seu lugar…eu seguia-o com o meu olhar. Ele era tão lindo…o seu andar era como o de um anjo.

Peter

Cheguei a casa e fui a correr para o meu quarto, não queria falar nem ver ninguém…

Liguei o computador…e como hábito o msn, mas desta vez meti como aparecer offline.

Ela já estava on…e no seu nick agora dizia:

“Bia :D – Hoje perdi-me nos teus olhos, e percebi que te amo (L)”

Ao ler aquilo a dor que residia no meu peito tornou-se maior…e mais profunda! Mais lágrimas escorreram pelo meu rosto…

- Peter que se passa contigo? – perguntou Lilian…nem a tinha visto entrar no quarto.

- Não…se passa nada! – respondi entre soluços…mas mesmo assim levantei o tom de voz.

- Ei…não precisas de falar assim comigo! Só quero saber o que se passa…eu conheço-te, sei que algo não está bem! É com a Beatriz? – disse Lilian…era incrível como ela tinha crescido…mas quando ela disse o nome dela, senti uma facada no peito…como se me fossem tirar algo dentro de mim.

- Não…quero falar dela! Por isso não toques mais no nome dela por favor! – gritei…tentando aliviar a dor que sentia.

- Que se passa mano? – perguntou Lilian cada vez mais preocupada.

- Não se passa nada! Sai! – gritei.

Ela olhou para mim…o seu olhar era de preocupação, mas mesmo assim saiu do quarto e deixou-me sozinho.

Assim que a porta se fechou atirei tudo o que estava em cima da secretária para o chão…incluindo a moldura onde estava a nossa foto…

- Eu amo-te Beatriz Cullen! – gritei com todas as forças que tinha.

Beatriz

Estava no msn à espera de Peter, mas ele nunca mais vinha…comecei a ficar preocupada…quando o meu telemóvel toca:

“Bia é a Lilian…está tudo bem contigo?”

Achei estranho ela estar-me a mandar mensagem, mas mesmo assim respondi:

“Olá…sim está tudo e contigo?”

A resposta não tardou:

“Comigo também está tudo…então conta-me as novidades!”

Será que Peter lhe tinha contado?! Hum…acho que não, ele não era desses. Respondi-lhe:

“Apaixonei-me! Ele chama-se Pacey…é da minha turma, é loiro e tem olhos azuis!”

Mais uma vez a sua resposta não tardou:

“Hum…espero que sejas feliz.”

Anne entrou nesse momento no meu quarto.

- Mana, mana! O Bernard veio para cá viver! – disse ela aos pulos.

- A sério?! Isso é óptimo meu amor! – respondi sorrindo-lhe.

- Pois é! – disse ela sorrindo-me também.

                                               *****

Já gostava de Pacey há um ano quando todo o meu mundo caiu…estava a porta da sala quando o vi aos beijos com uma rapariga…ela era morena e tinha os olhos verdes, devia de ter uns 13 ou 14 anos.

Sem conseguir esconder mais o que sentia, comecei a chorar…e pensei em Peter…ele jamais me iria magoar desta maneira…

Peter

Durante este tempo todo tentei esquecer Beatriz…mas não era fácil…eu amava-a muito…

Num momento de fraqueza envolvi-me com Joanne, e a partir daí começamos a namorar…quando a beijava sentia Beatriz…

Apesar da distância e da mágoa que sentia por ela…eu amava-a cada vez mais!

                                               *****

Estávamos em Março de 2008 quando me reencontrei com Íris…ela continuava linda como sempre…estava um pouco mais alta, mas de resto estava igual.

- Melhor amiga! – gritou assim que me viu e abraçou-me, abracei-a também…matando todas as saudades que sentia dela.

Decisão...(pode não ser final)

Hoje decidi que iria esquecer-te, ou pelo menos tentar mais uma vez...decidi que não iria lutar mais por ti...decidi que irei seguir em frente e deixar-te ser feliz com quem queres...

Não irei interferir na tua vida...mas peço-te que a nossa amizade continue como antes...jamais irás sair da minha vida, ajudas-te quando mais precisei e por isso irei ficar-te eternamente grata...

Decidi esquecer-te como um principe...decidi esquecer-te como o rapaz que quero ao meu lado...mas como amigo irás sempre permanecer na minha vida...e posso dizer que apesar desta decisão para sempre te irei amar...

A decisão de esquecer-te inclui apenas não lutar mais por ti...porque esquecer-te e tirar-te para sempre da minha vida jamais irá acontecer...porque sei que irás permanecer para sempre...sabes porquê??!!

Porque eu amo-te verdadeiramente...e sei que serás meu amigo para todo o sempre...porque posso amar-te e ser apenas uma amiga...porque foi isso que fui e é isso que irei continuar a ser...

Não irei lutar...não irei magoar-te...simplesmente irei seguir em frente, desistir...e tentar ser feliz...irei relembrar-te sempre com um sorriso...

Serás sempre o meu primeiro grande amor...e para sempre te irei amar!

Desisti de ti sim...mas desisti por amor, porque não aguento ver-te a sofrer...por isso sê feliz para eu poder ser ;)

Beijinhos

Andrea Facinelli

 

PS: Para sempre tua amiga =)

Parabéns conselheira

 

Bem sei que já te dei os parabéns e algumas das prendas, sim porque falta a melhor =P...mas não podia deixar de fazer aqui um postzinho totalmente dedicado a ti ;)

És a minha conselheira e eu adoro-te...és aquela amiga que está sempre ali quando mais precisamos...entras-te na minha vida há 6 meses atrás (quase 7) e agora jamais irás sair, porque se saires irás deixar buraquinhos no meu coração (lembrei-me da música das Chiquititas xD)...

Adoro-te para todo o sempre minha Ana Filipa da Silva Teixeira Magalhães!

Parabéns ;)

Beijinhos,

Andrea Facinelli

 

PS: para quem não sabe ela é a Anne Cullen da história "The Princess Love" =P

Pág. 1/2