Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

It's my diary

" Sorrir é viver, parar é morrer "

It's my diary

" Sorrir é viver, parar é morrer "

Day Two: Favourite Movie

Hello gente ='D

Pois bem aqui vos trago mais um post sobre "30 days challenge" ;)

Os meus filmes favoritos são sem dúvida alguma os romances, mas também gosto dos de aventura. Aqui vos deixo uma pequena listinha daqueles que mais me cativam:

 

Desafio 1 ='D

Pois bem aqui fica um desafio que me foi passado pela minha querida Marina ='D

 

 

1- Tens alguma pessoa que dá cor à tua vida? Quem e porquê?

Claro que tenho ='D

O "Peter Summers" e os meus amigos...mas principalmente os meus amigos, pois são eles que me fazem verdadeiramente feliz, logo sabem dar imensa cor à minha vida ;)

Entre esses amigos estão as meninas a quem passei o desafio *-*

 

2- Passá-lo aos blogs mais coloridos

 

* Bianca Viana

 * Cátia Monteiro

* Diana Margarido

 

3- Passar o selo ali de cima :p

30 Days Challenge

Bem como vi este desafio em muitos blogs decidi também aderir =')

Irei começar hoje e espero que gostem de saber um pouco mais sobre mim =p

Xoxo,

AndreiaAveiro

 

Day One: Favourite Actor.
Day Two:Favourite Movie.

Day Three:Favourite Musician.

Day Four: Favourite Book.

Day Five: Favourite Food.

Day Six:Favourite Song.

Day Seven:Favourite TV Show.

Day Eight:Pictures Of Your Room.

Day Nine: Favourite Flower.

Day Ten:Favourite Outfit.

Day Eleven:Recent Picture Of Yourself.

Day Twelve: Where Your Family Is From.

Day Thirteen:Favourite Memory.

Day Fourteen:Favourite Purchase Ever Made.

Day Fifteen:Current Grades.

Day Sixteen:Future Tattoos.

Day Seventeen: A Childhood Picture.

Day Eighteen: Favourite Board Game.

Day Nineteen:Something That Made You Smile Today.

Day Twenty: A 10+ Year Old Picture.

Day Twenty-One:Favourite Movie Quote.

Day Twenty-Two:Picture Of You On This Day.

Day Twenty-Three:Favourite Music Video.

Day Twenty-Four:Something Embarassing In Your Room.

Day Twenty-Five: One Of Your Most Prized Possessions.

Day Twenty-Six:A Picture From One Of The Greatest Days Of Your Life.

Day Twenty-Seven:A Picture Of Where You’re From.

Day Twenty-Eight:A Drawing.

Day Twenty-Nine:Somewhere You Want To Visit.

Day Thirty:Whoever You Find Most Attractive In This World

Dúvidas e mágoas...

Hoje mais uma vez me magoas-te por causa de quem não te merece, por causa de quem não te ama!

Eu bem tentei não me envolver demais mas não consegui e mais uma vez sai magoada!

Porque é que tu insistes em ser fofo comigo e depois magoas-me da pior maneira possível??!! Porquê??!!

Já sofri tanto por ti, já chorei milhares de lágrimas por ti, já me senti a pior pessoa do mundo por ti, já me senti a pior pessoa do mundo por ti, já me tentei matar por ti…e nessa altura prometi que não ias voltar a magoar-me porque eu não iria deixar, mas não consegui cumprir essa promessa pois ao que parece tu ainda és muito para mim!

Eu sei que amo o “Peter” mas tu continuas a não me ser indiferente! És como um vício para mim, és uma espécie de paixão que não consigo largar! És o fogo que arde nas minhas veias e que por mais que eu tente tirá-lo ele não sai, parece que está colado ao meu sangue!

Por mais estranho que pareça eu não consigo odiar-te porque sei que no fundo não tens a noção do quanto me magoas!

No fundo sei que temos uma amizade bonita e unida como não há outra igual…no fundo sei que gostas de mim, nem que seja apenas como amiga…e no fundo sei que iremos permanecer juntos como dois bons amigos!

Se me perguntarem se te amo, eu não tenho resposta porque nem eu própria sei o que sinto por ti! Mas amor não é, pois a única pessoa que amo é o “Peter”!

Alguém me sabe explicar o que sinto?!

Quando te vejo perco a noção das coisas, quando te olho nos olhos fico perdida nesse teu mar profundo!

Será que isto é amor ou apenas paixão? Será possível amar duas pessoas ao mesmo tempo? Será possível magoarem-nos tanto sem terem a pequena noção disso? Será possível chorar milhares de lágrimas por quem não merece? Será possível que ao fim de tanta mágoa ainda iremos ser capazes de amar?

Tenho tantas perguntas para as quais não tenho quaisquer resposta, e a cada dia que passa estou cada vez mais confusa e indecisa!

Xoxo,

Andreia Pereira

(25/06/2010)

 

 

Amo-te DS @@@

Amo-te “P”

Family Twi, um ano...uma amizade sem igual ='D

Há um ano atrás por estar tão viciada no "Twilight" fui para uma chat box, sim aquelas chat's que dizem sempre que nós nunca conhecemos quem está do outro lado, que as pessoas nunca mostram quem são, e essas coisinhas...quando cheguei a chat estava a haver um teatro sobre a saga e decidi participar, mas depois embirraram connosco e tivemos que sair de lá, por isso começamos a trocar de mail's...e assim começamos a formar a família que hoje somos!

Passamos muitos momentos, uns maus outros bons, mas isso é a base da vida...e em todos os momentos sempre estivemos unidas como uma verdadeira família! Vocês sempre me apoiaram em todos os momentos, e em todas as ocasiões! Devo-vos a minha vida, se calhar até mais que isso!

Já passou um ano e tanto que já vivemos através duma janelinha, e o que já vivemos hoje está guardado no meu coração como recordações, recordações das mais importantes que há!

Vocês mostraram-me o valor e o poder duma verdadeira amizade! Não interessa o que somos nem o quanto estamos longe, pois quando a amizade é verdadeira essa supera tudo e todos! Vocês mostraram-me que nem todas as pessoas que vão para as chat's são falsas e mentirosas, vocês mostraram-me que às vezes vale a pena criar amizades assim!

Se um dia eu vos perder, não irei ser nada, porque vocês já fazem parte de mim...vocês já são a minha vida!! São importantes e especiais demais para mim! São como a água que preciso para beber, o ar que preciso para respirar...são simplesmente a minha vida!

Já não me imagino a viver sem vocês, por isso por mim esta amizade é eterna!!! ='D

 

Constituição da família:

Carlisle Cullen (Bianca Viana)

Esme Cullen (Andreia Pereira - it's me)

Júnior Cullen (Raquel Caria)

Edward Cullen (Andreia Margalho)

Bella Swan (Raquel Marques)

Renesmee Cullen (Diana Margarido)

Jasper Hale (Carina Oliveira)

Alice Cullen (Mariana Carneiro)

Emmett Cullen (Cátia Monteiro)

Rosalie Hale (Ana Magalhães)

Rosalice Cullen (Sofia Negreiros)

Rosebell Cullen (Marta Brandão)

Carled Cullen (Luana Nobre)

Mariza (Marta Almeida)

 

Parabéns a nós, porque somos as melhores...já lá vai um ano e continuamos juntas como sempre e para sempre iremos estar =')

Amo-vos a todas vocês! <3

 

Da vossa eterna,

Andreia Pereira (Esme Cullen) *-*

 

Ps: houve algumas desistências e novas entradas, mas mesmo assim a amizade continua entre todas nós! ='D

 

JUNTAS DESDE 25 DE JUNHO DE 2009 ATÉ À ETERNIDADE!! @@@

"The Princess Love" - 15º Capítulo

Hello people!! Tudo bem com vocês? Espero que sim ='D

Bem em primeiro lugar quero pedir desculpa por não postar à tanto tempo, mas ando meia sem inspiração...mas logo que a tenha trago-vos as novidades dos últimos tempos...mas desde já ficam com um novo capítulo de "The Princess Love" ;)

Espero que gostem e já agora que acham que vai acontecer no próximo capítulo? Será que irá ser o reencontro? Será que o "Peter" irá receber bem a "Beatriz"?

Xoxo,

AndreaFacinelli

 

 

 

Capítulo 15 – A viagem…

Íris ia-se embora hoje e com ela levava a minha pequena felicidade. A felicidade que veio com a visita dela, vai partir com ela outra vez pois eu não encontro motivos para sorrir mais aqui…preciso dela para ser feliz, preciso dele…agora sei que ainda o amo, e já não posso lutar por esse amor, e jamais o irei voltar a ver…essa dor era tão forte que me destruía por dentro.

- Vamos meninas, está na hora do autocarro! – disse a minha mãe logo a seguir a hora de almoço.

- Já vamos mãe! – respondi enquanto ajudava Íris com as malas.

- Vou ter saudades tuas. – disse Íris com uma pequena tristeza patente na sua voz.

- Eu também vou ter saudades tuas. – retorqui já com pequenas lágrimas a formarem-se nos meus olhos.

- Não vamos chorar, pois não? – disse ela rindo-se.

- Não, não vamos. – respondi rindo-me também – Vamos lá embora antes que percas o autocarro.

- Vamos! – retorquiu começando a descer as escadas com as malas. Desci logo atrás dela, com algumas malas também.

Metemos as malas no carro e seguimos para a central de camionagem.

- Volta sempre que quiseres linda! – disse a minha mãe a Íris quando estávamos a espera do autocarro.

- Obrigada! – agradeceu Íris.

- De nada. Já sabes que és sempre bem-vinda! – disse minha mãe piscando o olho.

- Bem acho que já chegou o meu autocarro! – disse Íris sorrindo.

- É, parece que sim. – retorqui sorrindo também.

- Então vá até à próxima e obrigada! – disse Íris despedindo-se da minha mãe.

- Até à próxima querida e não tens nada que agradecer. – respondeu a minha mãe despedindo-se dela também.

- Tu tem cuidado contigo e vai dando novidades. – disse ela abraçando-me – Vou sentir a tua falta!

- Ok, tu também tem cuidado contigo e também vai dando novidades. – disse enquanto correspondia ao abraço – E eu também vou sentir a tua falta melhor amiga.

- Amo-te melhor amiga. – disse enquanto me beijava a face.

- Também te amo. – retorqui correspondendo o beijo.

- Quando chegar aviso-te! Beijinhos! – disse Íris entrando no autocarro.

- Fico à espera! – respondi sorrindo-lhe.

Eu e a minha mãe ficamos ali até que o autocarro se foi embora, e durante todo o tempo tentei ignorar e esconder as teimosas lágrimas que queriam sair dos meus olhos.

                                      **************************

- Beatriz anda cá abaixo, tenho uma novidade para ti! – gritou a minha mãe do andar de baixo.

- Vou já! – respondi poisando o pequeno caderninho onde tinha escrito o que sentia naquele momento sobre Peter:

“Os meus olhos chovem de desilusão, de medo e de arrependimento…queria voltar atrás e mudar tudo aquilo onde errei…queria poder disser que te amo mas não posso, há algo que me impede de te disser, algo que eu fiz e que estou arrependida e agora não tenho como voltar atrás! Fiz-te sofrer, e agora quem está a sofrer sou eu, porque te amo e para sempre te vou amar!”

- A mãe da Íris ligou e convidou-te para lá ires passar uns dias, queres ir? – disse a minha mãe assim que me viu na porta da sala.

- Claro que quero!!! Quando posso ir?? – respondi com uma alegria patente na voz. Voltar a Lisboa era tudo o que mais queria na vida, voltar a ver todos aqueles que amei e amo…voltar a vê-lo!

- Podes ir já amanhã! – retorquiu a minha mãe sorrindo-me.

- Que fixe!! Vou já arrumar as coisas! – disse aos pulos e enquanto ia para o meu quarto arrumar as coisas.

                                               ********************

Nessa noite não dormi nada por causa da ansiedade. Eu estava a viver o maior sonho da minha vida! Tudo aquilo que um dia perdi, podia voltar a ser meu outra vez…e eu ia lutar!

Saber que ainda amava o Peter fez-me perceber que a vida muitas vezes é injusta, mas nessas alturas temos que ser fortes e seguir em frente com a cabeça erguida, e temos que continuar a lutar!

- Porta-te bem, não faças nenhuma asneira! – disse a minha mãe enquanto eu entrava no autocarro.

- Com certeza mamã! – retorqui sorrindo-lhe. Ela sorriu-me também e acenou-me até o autocarro partir em direcção a Lisboa.

Fiquei sempre sentadinha no meu lugar a ouvir música e a pensar em como seria o reencontro com Peter.

Será que ele iria reagir bem? Será que eu iria poder cumprimenta-lo como antes? Será que a nossa amizade era a mesma?

Eram estas perguntas que preenchiam o meu pensamento durante toda a viagem.

Peter

Anne já se tinha ido embora há dois dias, e com ela levou a pequena alegria que sentia por ver nela a “antiga” Beatriz.

Eu ainda a amava, isso estava mais que certo, agora só faltava saber se ela também me amava.

Mas e se amasse? Nós jamais iremos voltar a estar juntos!