Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

" Sorrir é viver, parar é morrer "


24
Jan11

Nothing else mather

por Andreia

Desde a tua partida há 10 anos atrás que nada mais me importa neste mundo…nem a minha própria vida me importa!

Tento esquecer-te em cada minuto de cada dia que passa desta vida cruel e imperfeita, mas tudo é em vão…simplesmente porque ainda te sinto muito presente na minha memória! Todos os nossos momentos estão ainda muito presentes na minha mente, o teu beijo ainda está bem presente sobre os meus lábios…e ainda sinto o teu cheiro a mel em cada canto por onde passo!

“Amo-te princesa”, oiço sussurrarem com uma voz de anjo ao meu ouvido, e quando olho para o lado nada vejo…e aí recordo-me de ti, recordo-me de quando me chamavas de princesa, e por pensar em ti choro…choro de saudade!

Sei que já passaram muitos anos desde a tua partida meu amor, mas eu ainda te amo como no primeiro dia!

Aquele dia trágico, o dia em que me deixas-te aqui sozinha neste mundo cruel e imperfeito está guardado na minha memória como se fosse ontem, e ao recordá-lo choro compulsivamente por sentir demasiado a tua falta…choro assim porque te amo mais que tudo nesta vida, e sinceramente preferia morrer a viver sem ti…mas parece que já é tarde demais! Tu não estás mais aqui ao meu lado…e agora não vale a pena morrer, pois nem isso me iria trazer sofrimento…a única coisa que me traz sofrimento são as saudades que tenho de ti…

Sim, eu sei que partis-te por minha causa…mas hoje sei o quanto estava errada, e o quanto ainda te amo…Será que um dia ainda poderei voltar a reconquistar-te?!

Flashback:

(24 de Janeiro de 2001)

Estava deitada sobre a minha cama a pensar nele, naquele Deus grego que me deixava sempre sem fôlego sempre que estava com ele, quando o meu namorado entrou.

- Precisamos de falar Sammy! – disse ele bruscamente, olhando-me bastante friamente, coisa que me assustou bastante!

- Que se passa Will? – perguntei bastante preocupada.

- É verdade que andas interessada naquele jogador de hóquei??!! – continuava a falar-me bruscamente.

- Qual jogador??!! – disse incrédula com a atitude dele – Eu não estou interessada em ninguém para além de ti!

Sim, tudo bem eu menti…mas menti por saber que Will me amava bastante, e também eu o amava…por todos os momentos que ele me proporcionou, por todo o seu apoio e dedicação eu amava-o…mas hoje, havia outro…outro que me fazia sentir fora de mim, fazia com que todo o meu corpo arde-se de desejo!

- Não me mintas Samantha! Eu já sei de tudo! – aproximou-se de mim e olhou-me nos olhos, notei bastante tristeza no seu olhar – Diz-me a verdade, se me amas diz que não sentes nada pelo tal Matthew Clarke!

E agora, que fazia? Negava o que sentia, ou abria o jogo?!

- Eu…eu… - tentei dizer mas porém o seu dedo indicador poisou sobre os meus lábios não me deixando falar.

- Não digas mais nada, eu já percebi tudo! – desviou o olhar e fintou o chão tristemente – Eu vou amanhã para Chicago, e já não volto mais…tu não me amas como me amavas por isso já não tenho mais nada que me prenda aqui.

Oh não!! Isso não…Will não podia ir-se embora, ele era o meu único apoio aqui em Nova Iorque!

- Não Will!! Percebes-te tudo mal…eu…eu…amo-te! – disse entre soluços, aproximando-me dele e olhando-o bem profundamente nos olhos.

- Não vale a pena mentires Sammy…eu sei que isso não é verdade! – limpou-me as lágrimas e sorriu-me – Não precisas de te preocupar comigo, eu fico bem! E lembra-te sempre que te amo e que foi contigo que passei os melhores momentos de toda a minha vida.

- Mas… - tentei dizer mas porém fui interrompida por um beijo bastante apaixonado.

- Eu amo-te Samantha Potter! – sussurrou contra os meus lábios e depois foi-se embora.

Deitei-me sobre a cama e peguei na última fotografia que tinha tirado com ele, apertei-a contra o meu peito…e comecei a chorar compulsivamente.

(24 de Janeiro de 2011)

Hoje sei que aquilo que sentia era pura paixão, e a conta disso perdi o único amor da minha vida…e agora era tarde demais para voltar atrás.

- Amo-te tanto meu William! – sussurrei entre vários soluços abraçada a única fotografia onde ainda te sentia bem presente em mim!

 

AndreiaFilipaPereira

(24/01/2011)

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Aurelle a 24.01.2011 às 23:35

So sad.
Humans... they're so predictable (okay, i seem a being of the otherworld talking of humanity...)
You must write more times short-fics (:
I liked it so much. (:
I want more, please (:
(today, i have the syndrome to talking/writing in english...)

Love you <3
Imagem de perfil

De Andreia a 24.01.2011 às 23:41

Thanks honey *-*
Vou tentar escrever mais, mas n prometo nd xp
Isto comparado ao q costumo escrever está péssimo, mas pronto --'
Beijinhos,
LY (L)
Imagem de perfil

De Cathy Jones a 30.01.2011 às 23:57

gaja este textinho ta super lindo gaja...
tu escreves mt bem gaja ao contrario do k dizes...
este texto tem continuçao?
bjnhus
ly <3
Imagem de perfil

De Andreia a 31.01.2011 às 00:02

oh obrg *-*
escrevo nd =$
nop sweet =x

beijinhos,
LY (L)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D