Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

" Sorrir é viver, parar é morrer "

21
Jan11

Memories...

por Andreia

 

Sei que já passaram muitos anos, quase uma década deles, e mesmo assim continuas presente em mim…tento esquecer-te em cada dia da minha vida, mas é impossível…simplesmente não consigo, porque tu teimas em voltar aos meus pensamentos! És como a brisa do vento sobre os meus cabelos, sopram sobre eles e fazem-me sentir a sua brisa suave, e depois vão-se sem nada dizer…tu vens à minha mente, aos meus sonhos e dizes que me amas e que me queres na tua vida, e depois desapareces…desvaneces no tempo, para depois um dia mais tarde voltares!

Tento muitas vezes dominar este sentimento, mas parece que ele é muito mais forte que eu…tento a cada dia lutar por este amor que já há muito está destinado ao fim, mas a minha mente teima em não te deixar sair!

A cada dia que passa este amor cresce e sem limite…sinto que se não lutar contra ele, jamais irei conseguir destrui-lo! Sim, eu quero destruir este sentimento que sinto por ti…é um sentimento estúpido, mas inocente que não deveria existir…a sua validade já há muito que acabou. Acabou no momento em que me fui embora e te deixei sozinho…

A minha partida foi estúpida, e deixou-nos aos dois sozinhos…e acabou com a única coisa que nos restava: a nossa amizade! Amizade essa que me fazia mais feliz do que qualquer coisa no mundo, porque simplesmente tu nunca me abandonas-te…até ao dia em que me fui embora!

Sinto saudades dos dias em que podia contar contigo para tudo, sinto saudades daquelas aulas em que quando dava por mim estava a olhar para os teus belos olhos dourados, sinto saudades de quando me fazias sorrir como ninguém…simplesmente sinto saudades de todos os momentos que passei contigo, sinto saudades da nossa amizade que parecia nunca ter fim!

Em toda a minha vida só me arrependo de uma única coisa: ter-te deixado sair da minha vida sem mais nem menos! Nunca jamais em tempo algum devia ter permitido que saísses assim da minha vida, jamais devia ter permitido que a nossa amizade tivesse um fim…e por isso vou arranjar forças ao recordar os nossos momentos para um dia mais tarde poder lutar pela tua amizade, para poder (re)conquistar a tua amizade…e quando a reconquistar jamais irei deixa-la partir! Mas para ganhar forças também preciso de te esquecer, preciso de deixar de te amar…preciso que abandones a minha mente e os meus sonhos…

Mas por agora, não te quero esquecer, e quero relembrar todos os nossos momentos, porque é a relembra-los que me sinto feliz!

É ao viver esta pequena ilusão que sou feliz, feliz ao teu lado…por isso por favor não deixes que esta ilusão se apague, porque é apenas isso que nos resta!

No passado éramos dois em um só, mas por uma estupidez passamos a ser dois seres sozinhos no mundo…mas como é impossível dividir assim a vida de nós dois, por isso espera-me amor e conserva esta nossa pequena ilusão que é a única coisa que resta dos nossos momentos, da nossa bela amizade!

E porque um dia ainda te irei olhar nos olhos e irei te dizer: “Amo-te e para sempre te irei amar”…mesmo que isso não seja verdade nessa altura, irei te dizer, porque em tempos isso foi totalmente verdade! E no dia em te esquecer irei te dizer: “Sabes, um dia eu amei-te…”

Porque um coração magoado de tanta saudade não é capaz de separar a sua vontade daquilo que deve ser feito…por isso não irei conseguir esquecer-te, mas ao mesmo tempo irei lutar para o conseguir!

E uma vez mais te digo: “AMO-TE”!

 

Amo-te “DS”

 

“Porque 12 anos contigo foram muito mais que uma vida, e sei que jamais me irei esquecer de todos os momentos que passei contigo ao longo desses anos todos…permaneces em mim como no primeiro dia”

 

AndreiaFilipaPereira

(21/01/2011)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D